Exames

Exames

Refração

Exame realizado para identificar a acuidade visual e o grau de óculos do paciente. Para a realização deste exame contamos com os seguintes aparelhos: Auto Refrator: Equipamento utilizado para identificar automaticamente o grau de refração aproximado. Projetor: Projeta diversas tabelas contendo desenhos ou letras a uma correta distância para o médico realizar o exame subjetivo da acuidade visual, onde o paciente informa o que está vendo. Greens: Aparelho composto por um conjunto de lentes corretivas usado para encontrar o grau de refração que melhor satisfaça a acuidade visual do paciente.

Tonometria De Aplanação

Exame que faz a medida da pressão intra-ocular, fundamental para o diagnóstico de glaucoma. O tonômetro de sôpro é menos preciso e deve ser utilizado somente para triagem. É realizado em todos os pacientes como exame de preventivo de glaucomo juntamente com a auto-refração. Caso a pressão ocular esteja acima do valor normal o medico ira repetir o exame no consultório com o aparelho de contato.

Tonometria De Não Contato

Variação com medidas repetidas com e sem colírio anestésico, o objetivo é avaliar a influência da utilização do colírio anestésico, bem como verificar o comportamento da medida da pressão intra-ocular (Po) com a adaptação (aprendizado) do paciente à tonometria de não-contato (TNC).

Gonioscopia

A gonioscopia é um exame que utiliza uma lente especial para o estudo do ângulo da câmara anterior do olho, onde é realizada a drenagem do humor aquoso (líquido que preenche a câmara anterior). Sua indicação é fundamental para o diagnóstico e tratamento do glaucoma.

Mapeamento De Retina

O Mapeamento de Retina é um exame realizado com oftalmoscópio indireto, que permite a análise de todas as estruturas encontradas no fundo do olho como a retina, o nervo óptico e o vítreo. Com ele, é possível diagnosticar ou avaliar a evolução de doenças sistêmicas, entre elas diabetes e hipertensão arterial. O exame também é indicado para diagnosticar doenças oculares como descolamento de retina, degenerações retinianas, doenças da mácula, tumores, oclusões vasculares, hemorragias e infecções.

Retinografia Colorida

A Retinografia é um exame de imagem que fotografa as áreas do fundo do olhoDr. Ricardo Roizenblatt como a retina, a coróide, o nervo óptico e os vasos sanguíneos. Os métodos são: Retinografia Colorida (simples): consiste na fotografia do fundo do olho. O exame permite a documentação de alterações na retina e no nervo óptico, fundamental no acompanhamento de doenças progressivas. Retinografia Fluorescente ou Angiofluoresceinografia: analisa a retina, a coróide e os vasos sanguíneos através de fotos obtidas com uma iluminação especial e com uso de filtros. O exame utiliza um contraste chamado fluoresceína que permite o estudo de camadas diferentes dessas estruturas do fundo do olho. É utilizado para o acompanhamento e diagnóstico de doenças como a retinopatia diabética, degeneração macular, oclusões vasculares da retina, entre outras.

Paquimetria Ultrassônica

Exame que mede a espessura da córnea. Muito importante na avaliação para a cirurgia refrativa e diagnóstico de ceratocone. Pode ser feito de maneira óptica ou ultrassônica.

Biometria Ultrassônica

A Biometria é o exame capaz de medir o comprimento axial do globo ocular e de suas estruturas (câmara anterior, cristalino, cavidade vítrea), utilizando uma sonda com ondas de ultrassom. É o principal exame para calcular o grau da lente intra-ocular implantada na cirurgia de catarata.

Campo Visual

A Campimetria Computadorizada avalia a percepção visual central eDr. Ricardo Roizenblatt periférica, identificando qualquer alteração ou redução visual. Utilizado para diagnosticar o glaucoma, doenças neurológicas, entre outras. A Campimetria com o método F.D.T. usa o estímulo de dupla frequência. Essa técnica estimula principalmente um grupo de células que são primeiramente afetadas em pessoas com glaucoma, assim podendo detectar os defeitos na percepção visual mais precocemente que no exame de campo visual por outros métodos.

Aberrometria

É um exame que estuda os defeitos refracionais do olho e as “aberrações” ópticas que podem afetar de forma importante a qualidade da visão, podendo causar sintomas como ofuscamento, brilho e diminuição da qualidade da visão noturna.

Topografia Corneana Computadorizada

Este exame analisa a curvatura da córnea em toda a sua extensão desde o seu centro até a sua periferia e avalia as alterações de sua superfície como a regularidade e a simetria, permitindo identificar astigmatismos e outras irregularidades na córnea, como o ceratocone. É indicada também em pré e pós-operatórios de cirurgias refrativas, de catarata e de transplante de córnea, e na adaptação de lentes de contato.

Fotocoagulação Com Laser De Argônio

Procedimento cirúrgico que envolve a aplicação de luz intensa para queimar ou destruir estruturas intraoculares selecionadas, como podem ser tumores ou vasos sanguíneos anormais.

Capsulotomia Com Yag Laser

Exame realizado com laser Nd: YAG laser, indicado principalmente para tratamento de opacidade capsular no pós-cirúrgico de catarata. Em alguns casos a cirurgia de catarata pode evoluir para uma opacidade em uma região do olho chamada de cápsula posterior, na qual a lente intraocular está apoiada. Essa opacidade evolui com piora na visão após a cirurgia, chamada por alguns como de segunda catarata, pois a visão volta a ficar turva. O processo de aplicação do laser elimina essa opacidade, restabelecendo a visão. É utilizada uma lente especial em contato com a córnea. É feito de maneira ambulatorial, exceto em crianças, em que é necessária a anestesia geral.